BUILDING BRANDS, CREATING NEWS

A atmosfera da marca no ponto de venda

Um dos maiores desafios de uma marca é se apresentar ao consumidor em todos os pontos de contato de forma harmônica. O cliente deve sempre receber a mesma mensagem e ser envolvido pelos valores da marca, independentemente do canal de interação. Nesse cenário, o ponto de venda tem como objetivo ser um espaço de materialização do que se pode chamar de atmosfera de marca. 
De acordo com o dicionário, atmosfera é “a camada que envolve a terra, o espaço que respiramos, o meio em que se vive”. Na prática, atmosfera é o conjunto de elementos que torna a vida possível por oferecer condição para o desenvolvimento dos seres vivos. É neste ambiente que há sinergia de todos os componentes necessários.  
O PDV perfeito é aquele que envolve o cliente na atmosfera da marca por meio de todos os elementos ali presentes. Ao entrar na loja, o ambiente remete o consumidor às características construídas ao longo de sua história. Isso é parte fundamental da experiência que ela proporciona. As ideias gerais que ele tem da reputação e das promessas da marca estão apresentadas nesse espaço. Quando os componentes estão em total sinergia o ecossistema funciona muito bem. 
Esse trabalho pode ser conferido no ponto de venda das marcas mais amadas do mundo. Um exemplo clássico é a Apple Store. Quando o cliente entra na loja ele sente que faz parte daquele universo que tanto admira: tecnológico, arrojado e minimalista. Tudo está de acordo com os valores daquela empresa que ele ama e por isso ele se torna ainda mais fã quando visita o PDV. 
O GAD’ também tem realizado projetos de varejo com esta preocupação. Neste mês, está sendo inaugurada a primeira loja do Habib’s em total sintonia com a nova identidade de marca. O GAD’ assina desde a concepção da marca até a atmosfera do PDV. Todos as características da rede brasileira de fast food, que completou 25 anos, estão materializados no novo concept design, projeto que reestrutura o ambiente da loja para ser adaptado às diferentes opções de apresentação, seja no shopping ou na rua. As mudanças foram colocadas em prática na loja Radial II, uma unidade escolhida por ser próxima ao Itaquerão, em São Paulo (SP), estádio que deve receber o jogo de abertura da Copa do Mundo.
O espaço foi readequado com o objetivo de tangibilizar o conceito da marca no ponto de venda e de melhorar a experiência de consumo. A loja foi totalmente reformulada, sem tirar o foco do posicionamento “Muito mais do que você imagina” e dos atributos “Amor aos clientes”, “Vontade de fazer bem feito” e “Bom humor”. A loja conceito é a primeira a receber a mudança e servirá de modelo para as outras da rede.
O ambiente é colorido, limpo e alegre. O uso de cores secundárias reforça a atmosfera de animação e felicidade. A cozinha está à vista para exibir aos clientes todo o cuidado com o preparo daquela refeição. A equação mágica do Habib’s, que simboliza os elementos usados na elaboração dos produtos, e alguns pôsteres inspiracionais estão espalhados pelo espaço como alusão à característica principal da marca: surpreendente.
Ao entrar na nova loja do Habib’s, o cliente é automaticamente transportado para o universo da marca, com todos os atributos construídos ao longo de sua história. Uma nova atmosfera para um novo momento da marca. 

 

A fachada da nova loja do Habib’s é convidativa. As janelas grandes mostram que lá é um espaço de momentos gostosos. A cozinha aberta aproxima o cliente a conhecer o processo de preparação dos alimentos. As cores secundárias reforçam o clima alegre e animado do espaço.

Artigo publicado em 06 de dezembro 2013

 

*Leonardo Araujo é Diretor / Retail & Environmental Design do Gad'. Graduado em Arquitetura e Urbanismo, ele possui mais de 30 anos de experiência na gestão de design para o varejo, espaços e experiências para importantes marcas nacionais e internacionais